Sunday, July 29, 2012

Deixe o tempo passar II

Eu escrevi este post
http://reflexoesentidas.blogspot.com.br/2010/02/deixe-o-tempo-passar.html há muito tempo atrás. Na época me apaixonei por alguém que parecia não estar sentindo o mesmo por mim. Mas, exatamente uma semana depois ficamos juntos e perdurou por quase três felizes anos. Hoje, sofro por esta mesma pessoa. E este post é exatamente o que preciso neste momento. Palavras minhas que retornam e me confortam. A diferença é que não é mais paixão e sim amor. Mas, o tempo também resolve. Afinal de contas, como eu mesma escrevi: "Para o tempo nada passa despercebido. Ele te faz esquecer quase tudo, mesmo sendo o maior amor do mundo." Então, deixe o tempo passar...



"Mais um dia em que eu não abandono os ponteiros do relógio. Horas que ferem e arrastam para a solidão. Dizem que o tempo resolve essa angústia e que também pode arrastar uma paixão. A cada página virada do calendário é uma lembrança a menos no coração. E, não adianta fotos ou vídeos porque para o tempo nada passa despercebido. Ele te faz esquecer quase tudo, mesmo sendo o maior amor do mundo.
Mas, ainda o tic-tac do relógio atormenta os meus ouvidos. E quando ouço esse zunido o meu coração bate furtivo. Escondido e oculto esperando a dor passar que somente o tempo pode apagar."
Escrito em 16 de fevereiro de 2010.

1 comment:

Eliéser Baco said...

O tempo cura. Dói muito alguns sentimentos. E só mesmo o tempo para resolver algumas pendências na alma. Adorei a sinceridade de explicação e o texto logo abaixo.