Saturday, April 28, 2012

Terapia da Escrita: Confiança

Sempre disse que tenho dificuldades em confiar nas pessoas. Mas, analisando a minha vida percebo as tantas vezes que dei um voto de confiança a alguém. Um não, vários. Seja por amizade ou amor que fizeram parte de mim. Sempre acreditei que valeria a pena perdoar. Sou do tipo que esquece as ofensas, agressões, indiferenças e traições. Não sei ao certo o porquê. Depois de um tempo reflito o quão pequeno e insignificante foram os motivos. Tampouco sei se é confiança ou perdão. Porque apesar disso eu sinto também que a pessoa vai errar novamente e eu tentarei perdoar novamente. Talvez seja uma confiança não cega. Um amor racional.
Mais uma vez eu perdoei e me dispus a confiar. Mas, desta vez foi diferente... O agressor foi sincero em demonstrar que não devo novamente tentar confiar ao me deixar dizer adeus. Adeus.

No comments: