Sunday, September 13, 2009

São essas horas...

Faz alguns dias que não nos falamos
Eu não quero me precipitar em infelizes conclusões
E nem ter ilusões

Existem horas que nos sentimos sozinhos, apenas isso...

E a sua cama é tão quente
Que esqueço do mundo lá fora
E quando tenho você em mente
Me faz querer-te agora

Desculpe, mas é que existem certas horas...

Não consigo decifrar seus movimentos
Tudo bem, eu também não entendo os meus
Talvez estes dias foram apenas longos
Imaginando um silencioso adeus

São aquelas horas de solidão...

Não quero imaginar o que não existe
Nem inventar certos sentimentos
Mas não quero ser alguém que desiste
Temendo arrependimentos

Culpa dessas horas, que nos tiram toda a razão...

No comments: