Friday, February 06, 2009

Desvende os meus sentimentos

Eu não sou como um livro,
em que tudo pode ser lido.
Eu não sou como o universo,
onde quase tudo é desconhecido,

Eu não sou como a lua,
possuidora de toda a beleza.
Eu não sou como a tempestade,
que detém grande tristeza.

Eu sou como o sol,
você pode sentir mas é incapaz de compreender.
Eu sou como o mar,
você pode mergulhar mas não consegue tudo ver.

Eu sou como a rosa,
possuidora de pétalas e espinhos.
Eu sou como o céu,
possuidor do dia e da noite.

3 comments:

Igor Tadeu said...

Simplesmente D+!!!

Adorei...

Igor Tadeu said...

Vou copiar no meu!!

Quem mandou ter sentimentos parecidos...

Quero te fazer um pedido...Escreve algo sobre "meu momento"... só espero que não seja, igual das outras vezes

bjs...

ps: I love you...

fernando mineiro said...

Muito bom, to conhecendo seu blog agora e to adorando o seu jeito de escrever.