Saturday, January 24, 2009

E foi naquela idade...

E foi naquela idade...
A poesia chegou em busca de mim.
Não sei, não sei de onde veio,
Do Inverno ou de um rio.
Não sei como ou quando,
Não, não eram vozes,
Não eram palavras, nem silêncio,
Mas chamaram-me de uma rua,
Dos ramos da noite abruptamente,
Por entre fogos violentos
Ou regressando só,
Ali estava eu sem rosto
E ela tocou-me.

Pablo Neruda

1 comment:

Michelle Trindade said...

Pablo Neruda é um máximo... linda poesia...