Friday, April 25, 2008

Esses tais momentos...


Hoje, a melancolia bateu em minha porta e eu sem hesitar abri. Já não sei mais porquê faço isso, mas agora pouco me importa, pois ela já está aqui ao meu lado me fazendo uma triste visita. Essa visita me fez relembrar inúmeros sentimentos que já vivi ao longo de minha pequena vida. E, dentre tantos sentimentos que me rodeiam a alma, lembrei de um sentimento muito importante mas que pouco se fez presente, diferentemente desta visita que tenho agora. Lembrei-me do sentimento da alegria! Não dessas alegrias mascaradas que observamos por aí, mas da verdadeira alegria. Daquela sensação nostálgica que temos por breves momentos de nossas vidas em que parece que o tempo passou mais devagar e ainda sentimos o nosso espírito em perfeita harmonia, completo...

Fiz uma viagem no tempo desta minha vida atual...Minha primeira recordação mais remota foi quando ganhei meu primeiro gato! Ele era tão branquinho! Aliás, quando trouxe para casa cada gatinho meu, sempre foi motivo de alegria! Em seguida, foi quando ganhei meu primeiro troféu como dançarina...Nesse dia, recordo-me do rosto de felicidade estampado na face de minha doce mãezinha. E, eu olhava para aquele troféu e pensava: _ Eu consegui! E, sem poder esquecer...o momento em que ganhei meu tão almejado vídeo-game! uau! eu pulava de alegria! Enfim, coisas de criança! Vamos mudar então para a adolescência! O que marcou de felicidade a minha adolescência não foi o primeiro beijo, nem o primeiro namorado nem tampouco a primeira transa, mas sim, quando finalmente saí de casa. Afinal de contas, eu ainda era uma menina adolescente querendo brincar de gente grande. Esse momento de felicidade aconteceu dias depois, quando me "dei conta disso", foi quando finalmente meu coração se alivou e... alegrou-se.

Ah, não posso esquecer de quando fiz 18 anos. Foi um momento especial, entretanto, não era porque eu estava fazendo dezoito anos mas sim, porque os meus amigos do centro espírita na qual eu frequentava me deram um lindo presente...Uma festa surpresa! uau...eu realmente não esperava... foi surpresa mesmo! Foi a primeira vez, que me senti querida por tantas pessoas. Lembro-me das minhas lágrimas de alegria! Ainda na adolescência, outro momento inesquecível foi a minha primeira COMEERJ. Um dos dias mais incríveis da minha vida aconteceu especificamente no último dia de COMEERJ. Afinal, tinha que ser o último dia! E...mais choros...

Pulando para a minha vida adulta...acho que já posso me considerar uma mulher, né? Enfim, um outro momento que merece ser declarado aqui, foi no ano passado quando minha melhor amiga fez uma festinha surpresa para mim! Como alguém consegue ser tão doce assim? Isso me impressiona demais! Já perceberam que eu adoro uma festinha surpresa, rsrsrs.

Uhm...este momento foi muito especial, e não tem muito tempo! Foi no dia 10 de fevereiro deste ano quando peguei a chave do meu apartamento (só para ratificar, é alugado, ok?), esse momento foi mais forte quando coloquei meus pés nele....e, pensei: _ Finalmente, morando sozinha e independente! Aaahhh...desta vez, contive minhas lágrimas.

A última sensação que tive, foi há pouquíssimo tempo, exatamente no dia 16 de abril deste ano às 22:00 horas, pois foi quando me dei conta que estava vestida de beca e a minha colação de grau havia finalizado. Uau...que momento! Nessa, eu chorei mesmo!

Agora, estou refletindo tudo isso e, pensando...quando será que terei um momento como esses novamente???

Uma conclusão consegui tirar... quando se tem uma vida marcada por muitas tristezas, aprendemos a valorizar esses pequenos momentos especiais de pura felicidade!

Acho que já está na hora de dizer tchau para a minha visita! Pelo menos, por hoje já basta...

No comments: