Monday, May 28, 2007

Sobre Livro XI

Lembra do livro que peguei de volta? Hoje, quando cheguei, a primeira coisa que fiz foi jogá-lo janela abaixo, minto, primeiro dei comida para a minha gata, depois o peguei na minha gaveta, abri a tela da minha janela e..... fooooooiiii embora.
Amanhã, eu vou lá embaixo (estou com preguiça de ir hoje) certificar-me de que esse livro se estraçalhou por completo. Se ele ainda estiver lá, vou fazer questão de pisar e cuspir em cima! E, vou esperar o lixeiro levá-lo embora, para ter certeza que nunca mais verei esse livro na minha frente. Sim, é para esse lugar que ele precisa ir, para o lixo, porque ele é um lixo, aliás, lixos servem para alguma coisa, afinal de contas podemos reciclar lixos, então esse livro é pior do que lixo, uhm.... Desculpe, não sei caracterizar o que pode ser pior do que lixo...
Não sei dizer o quanto estou com ódio desse livro. De toda a sua história... Vou contar como é esse livro:
É o tipo de livro que encanta mulheres idiotas, incluindo eu, é claro. Possui uma bela capa! Sabe aqueles livros coloridos de capa dura, com bonitas figuras? Pois é esse o estilo do livro. O problema é que, é tudo aparência! Até a história te envolve. Mas, na verdade, é um livro de mentiras, falsidades, omissões, traições (devo frisar traições, que quer dizer infidelidade, certo?), sem caráter nenhum. O problema é que não percebi em nenhum momento, por isso é para mulheres idiotas que não percebem as “entrelinhas”, ou seja, o que exatamente o autor quer dizer com toda essa história ridícula sem fundamento algum. Precisou uma terceira pessoa, me dizer as entrelinhas. Durante todo o tempo que li, aliás, que perdi lendo, eu não entendi sua história. Mas, agora eu entendo, toda essa história faz sentido para mim.
Esse livro consegue ser pior do que aquele livro que li (o que era triste e sem figuras), porque ao menos o autor desse livro possuía uma história de realidades, quero dizer, sem mentiras.
Nossa! Esse autor é horrível. Deve ter merda na cabeça (desculpe a expressão), ou alguma coisa parecida! Nunca quero ler algo do tipo... Mas que idéia a minha de lê-lo! Por que eu perdi o meu tempo? Que idiota eu sou... É assim que eu me sinto, uma completa idiota...

No comments: