Saturday, December 30, 2006

Obrigada por tudo... E, um feliz 2007

Um Feliz 2007...

Aos amigos eternos, adoro vocês, mas perdoem-me, pois eu não estou sendo uma boa amiga (não ligo com tanta freqüência), em especial: Jaqueline (amiga que conheci no pré-vestibular, bem sabes q te adoro), Fabiano (meu ex-cunhado, soh a gente se entende né?, hihi), Leonardo Prata (meu ex-marido, apesar de tudo, ainda e seremos sempre amigos), Janaína, Wildson, Jurema, Fernando, Rose, Michele (todos amigos do Centro Espírita SEARA)

Aos veeelhos amigos, na qual permanecemos afastados, mas que agora não deixaremos mais isso acontecer: Leonardo Valentim e Emily Bernardo (amigos do pré-vestibular, adoro vcs)

Aos novos amigos, adorei ter conhecido vcs, espero manter essa nova ou futura amizade pelos próximos anos, em especial: Luana (amiga do curso de Inglês e, obrigada por me aturar esse ano falando e falando por horas depois do curso sobre meus casos amorosos, hihi), André Lins (do centro espírita CEACE, obrigada por estar me ajudando), Eliana Merlone (do Centro Espírita CEACE, um muuuito obrigada pela ajuda psicológica q tem me dado, ah e pode puxar a minha orelha por eu ainda não ter ligado, apesar de estar precisando), Breno e Giana (do centro espírita CEACE, obrigada pela receptividade e pela “caroninha” de toda sexta feira, rsrsrsr), Rodrigot (obrigada pela ajuda com o comput e pelos momentos felizes), Bernarda (fevereiro tô aih, hein, rsrsr) e Rafa.

Aos amigos familiares, em especial: Michelle Trindade (minha irmã) e Marquinho (meu cunhado), obrigada por estar me aturando esse tempo todo na casinha de vcs, afinal de contas eu sou chata pra cacete; Marcelo (meu irmão querido, hihi), perdoe-me por esses vinte e tantos anos de ausência...agora a gente vai ter q tirar esse atraso, né? E, obrigada pela sua amizade, e principalmente pelo maior e melhor presente que vc me deu nesse ano de 2006, que é o meu sobrinho liiiiindo, Thiago.

Aos amigos da faculdade, espero que a nossa amizade dure além do tempo da Universidade, (não vou citar nomes, pq sei lah...) Adoooooro todos e, vcs sabem que a “Dani-lee” sempre, mas sempre ajudará a todos, hihi, obrigada à todos por me aturarem esse tempo todo de facul, afinal de contas eu falo e reclamo pra cacete, hahaha! Daqui a pouco a nossa formatura chega....

Aos amigos nerds ou não-nerds, mas que contribuíram para a minha nerdisse, em especial: Leonardo Prata (meu ex-marido, grande “fornecedor” de meus animes favoritos, hihi), Michelle Trindade (minha irmã, que me empresta o mangá da Holic e comprou o Tsubasa para mim), Rafa (da facul, que tah me emprestando e gravando CDs de Rock progressivo para mim, valeu msm!), Marquinho (meu cunhado, que comprou CDs novos de playstation para mim, hihi)

Aos amigos do Coral Despertar, obrigada pelo Ano de 2006, espero que nós estejamos juntos nos próximos anos e, sempre cantando cada vez mais!!!

Aos amigos da Empresa BIODERM, adorei ter trabalhado com vcs todo esse ano de 2006 e, em 2007 tem maaaaaais!!! Ah! E, a festa de final de ano, tava mt boa, bebi e dancei horrores, nem quero ver as fotos... alguém gravou essa maluquice??? Espero q não... Acho q o chefinho (Stephane) ficou surpreso, hihihi.

À todos que eu convivo, perdoem-me se falei demais ou se falei de menos e, obrigada por respeitarem a minha individualidade.

Mais uma vez... UM FELIZ 2007 PARA TODOS!!!

Friday, December 29, 2006

Poesia


"Ora direis ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso"!
E eu vos direis, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...
E conversamos toda a noite, enquanto
A via láctea, como um pátio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora! "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?

"E eu vos direi:"Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas".

Olavo Bilac. Poesias. Belo Horizonte, Itatiaia, 1985

Monday, December 25, 2006

Tempo de Ser Feliz

Letra de Jamily

Salvem o nosso planeta
Salvem o nosso país
Salvem a nossa Amazônia
O nosso verde está por um triz

O mico leão dourado
O boto rosa também
O dedo de Deus já criou
O homem mexeu, destruiu, esgotou

Salvem meu futuro
Quero um amanhã sem medo
Sem crianças pelas ruas
Pedindo um pedaço de pão

Salvem meu futuro
Eu quero respirar ar puro
500 anos quero bis
Dá tempo de ser feliz

Salvem o nosso planeta
Salvem o nosso país
Salvem a nossa Amazônia
O nosso verde está por um triz

O mico leão dourado
O boto rosa também
O dedo de Deus já criou
O homem mexeu, destruiu, esgotou

Salvem meu futuro
Eu quero um amanhã sem medo
Sem crianças pelas ruas
Pedindo um pedaço de pão

Salvem meu futuro
Eu quero respirar ar puro
500 anos quero biz
Dá tempo de ser feliz

Deus ilumine essa nação
E ponha amor nos corações
Dos que governam a minha, a nossa pátria amada

Deus ilumine essa nação
E ponha amor nos corações
Dos que governam a minha, a nossa pátria amada
Brasil
Brasil





Sunday, December 17, 2006

Decay - Rie Fu


Linda Música, linda letra

*****

Você poderia ter dito uma palavra mas você se virou

Por que você sempre age de forma tão passiva?(...)

Você fechou as suas portas antes que eu pudesse abrir as minhas

Agora eu sei, agora eu vejo, foi uma perda de tempo (...)

Quando me deram paixão, oh eu tentei esfriá-la

Até que eu percebi, eu não poderia dizer as palavras que queria dizer (...)

Não tem um jeito de eu andar para quem você era a dez dias atrás

Porque você é quem você é agora (...)

Quando eu estava enfrentando a realidade, eu vivi em fantasia

Até que eu pus de lado o espaço entre você e eu (...)

Eu só estou esperando que você se levante

O que você está esperando? (...)

Eu ainda acredito em você

Saturday, December 09, 2006

Final Feliz

(Jorge Versilo)

Chega de fingir,
Eu não tenho nada a esconder agora é
Pra valer, haja o que houver
Não tô nem aí,
Eu não tô nem aqui pro que dizem,
Quero ser feliz
E viver pra ti
Pode me abraçar sem medo,
Pode encostar sua mão na minha
Meu amor,
Deixa o tempo se arrastar sem fim
Meu amor,
Não há mal nenhum gostar assim
Oh, meu bem
Acredite no final feliz
Meu amor, meu amor!

**************************
Espero ter conseguido passar a mensagem... Alguém entendeu alguma coisa???

Thursday, December 07, 2006

Complexo de Superioridade

Hoje me senti na obrigação de escrever sobre isso, até porque uma pessoa insiste em dizer que me acho superior aos outros.
Bom, como devo iniciar... Uhm, acho que sei por onde devo iniciar...
“Ser melhor a cada dia”
É a Lei da Evolução, dada a nós por Deus. Essa Lei é como uma lei da física, como por exemplo, a gravidade da Terra, ou seja, não tem como “fugir” dela, é física. Sendo que, essa Lei da evolução, cabe a nós acelerar ou não.
Confesso, que possuo muitos ideais, que para a maioria das pessoas, são ideais ridículos, e que tudo isso é para eu ser diferente ou superior. Não, não são. Eu sou apenas “uma formiguinha querendo fazer a sua parte”, apenas.
Por que eu sou vegetariana? Bom, para a maioria é porque eu me acho superior, pois não estou matando os animais, e estou tendo uma alimentação relativamente saudável, podendo com isso, esnobar os outros, e ainda dizer que sou melhor do que todas as pessoas carnívoras. Que grande bobagem! Confesso, que no início eu escolhi ser vegetariana para melhorar a minha alimentação, que na época estava horrível, em seguida, nem me lembro porque, veio toda essa história de não querer matar os animais para comer. Mas, a vida nos revela muitas coisas... Percebi que sou vegetariana porque na verdade eu tenho um “grande” débito passado (refiro-me a vidas anteriores) em relação à alimentação. Mesmo que eu quisesse deixar de ser, eu não conseguiria. Como posso me achar superior? Se, na verdade eu é quem fiz coisas horríveis em relação à isso. Bendito, é quem não tem problemas alimentares, pois qualquer comidinha estranha que eu coma começo a me sentir mal do estômago.
Por que sou espírita? Ah...são tantos os motivos! A maioria das pessoas acha que os espíritas se acham superior. Mas, como diz aquela frase:
“Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que faz para dominar as suas más tendências.”
Bom, até a minha história de se tornar espírita não foi bela. Algumas pessoas lêem o livro dos espíritos, e se identifica com a doutrina. Comigo não foi assim. Tornei-me espírita não pelo amor que reconheci nas suas belas escritas, mas sim pela dor que reconheci em possuir mediunidade. Para quem está achando que ser médium é ser superior aos outros, está muito enganado. Quem é espírita sabe que na verdade é o contrário. Com exceção dos missionários, toda a pessoa que é médium é porque na verdade possui muitos débitos. E, eu sou uma. Com todas as minhas obsessões e transtornos mediúnicos, por coincidência, conheci a doutrina. Li os livros, e isso foi um alívio psicológico para mim. Hoje, me identifico com a doutrina. Não porque eu acho a melhor religião do mundo, mas porque eu acho a melhor religião para mim, é o que eu necessito. É o conforto da minha alma. Através dela, entendo porque eu passo por todos esses problemas na minha vida. Todos esses ensinamentos já fazem parte de mim. Por causa dela, eu procuro melhorar a minha conduta, mesmo que seja difícil ou que pareça ser impossível. Como posso me achar superior? Se na verdade, tudo o que eu faço ou fiz é por causa de todas as idiotices que fiz nas minhas vidas.

Simples Reflexões

Acontecimentos pequenos e insignificantes no meu cotidiano me fazem refletir sobre coisas grandes e complexas na minha vida.
Porque uma pessoa ajuda a outra? Qual é o propósito?
Quando se ajuda alguém, nunca deve esperar retribuição. Se você ajuda, com a intenção de que essa pessoa um dia irá te ajudar, então, isso que você fez não foi ajudar...mas sim, uma forma de interesse mascarada, porque você espera ser retribuído.
Hoje eu ouvi: - “Se você quis ajudar os seus amigos, agora agüenta as conseqüências”. Fiquei imaginando: Como alguém pode pensar assim? Ajudamos porque gostamos, apenas. Se alguém pensa os piores dos instintos humanos, eu prefiro não pensar assim. Prefiro pensar que um dos instintos humanos é ajudar o seu semelhante. É engraçado como pequenas frases que nos falam ao longo da vida, marca o nosso coração. Recordo-me, uns anos atrás, que eu sempre enxergava o pior do ser humano. E, uma pessoa (que eu considero muito como amigo e mentor) percebendo esses meus pensamentos, falou-me:
“-Tudo na vida têm o seu lado bom”, parece ridículo e simples essa frase... Então, ele continuou, “Deus nunca permite que algo aconteça sem nenhum propósito bom, cada gota que cai dos céus tem a permissão divina”. E, me deu tantos exemplos disso, na qual a minha mente mesquinha e pequena não conseguia enxergar. Desde então, quando eu percebo que estou esperando o pior de alguém, eu lembro dessa frase. Tão simples e tão grandiosa. Ainda tenho muito que mudar na minha conduta. O mais fácil foram as minhas atitudes, que com perseverança, muitas delas foram “domadas”. Agora, luto contra os meus pensamentos obscuros...

Friday, December 01, 2006

Estúpido Cupido

Celly Campello
Composição: Celly Campelo


Oh! Cupido vê se deixa em paz,
Meu coração que já não pode amar
Eu amei há muito tempo atrás,
Já cansei de tanto soluçar
Hei, hei, é o fim, oh, cupido vai longe de mim
Eu dei meu coração a um belo rapaz que prometeu me amar e me fazer feliz
Porém, ele me passou pra trás,
Meu beijo recusou e o meu amor não quis
Hei, hei, é o fim, oh, cupido vai longe de mim
Eu vi um coração cansado de chorar,
A flecha do amor só trás angústia e a dor
Mas, seu cupido o meu coração, não quer saber de mais uma paixão
Por favor, vê se me deixa em paz, meu pobre coração já não agüenta mais
Hei, hei, é o fim, oh, cupido vai longe de mim

**************************
Recentemente eu fiz um trabalho sobre a história da Música no Brasil, e com isso, resgatei várias músicas interessantes. Essa música é bem interessante, pois acredito que retrata o coração de muuuuitas mulheres...
E, infelizmente como diz a música, o nosso cupido é bem estúpido!!!

Experiências Espirituais – Parte I

Era noite e, eu mal enxergava o que se encontrava à minha volta. Quando “dei-me por mim”, estava subindo uma escada de pedras e, era fechada e estreita. Demorava muito para subir, e comecei a sentir um certo medo do que estava por vir, ou seja, o que havia lá em cima. Mas, apesar do medo que me afligia, eu sabia que não podia desconcentrar-me. Quando cheguei, percebi que era o último andar de um castelo de pedras. O lugar era aberto (era possível perceber a imensidão daquela noite), e extremamente alto, não sabia dizer ao certo o tão quanto. Havia algumas pessoas, nas quais a maioria não me era familiar. Percebi, que eu me encontrara no Egito antigo.

Logo em seguida, uma pessoa familiar, mas com outro envoltório corpório, com suas infinitas jóias, fixou os seus olhos aos meus. Será que é quem eu imagino? Perguntei ao meu mentor, e ele confirmou os meus pensamentos. Aquele olhar me fez sentir um calafrio e um medo absurdo. E, a cada passo que essa pessoa dava em minha direção, eu dava mais um passo para trás, sem tirar os meus olhos aos dele. Mas, resolvi olhar à minha esquerda... Havia uma mulher extremamente bela e sedutora, com os seus cabelos negros e longos, sendo contemplada e bajulada pelos seus servos. Logo, a minha mente recordou de uma pessoa familiar e, antes que eu pudesse concluir os meus pensamentos, o meu mentor energicamente confirmara tais conclusões. Rapidamente olhei à minha frente e, aquele homem continuava com os seus firmes passos à minha direção. Fechei meus olhos por alguns segundos, e pensei: Aquela mulher traía este homem com os seus servos, sem que ele soubesse. Quando abri meus olhos, percebi que este homem já estava muito próximo de mim e, encostei-me no muro desse castelo sombrio. Virei o meu rosto e, olhei para baixo, percebi o quão alto eu estava. Senti-me presa, e aflita. E, então me veio uma “onda de pensamentos e recordações”... Sim, naquele momento, naquele lugar, aquela pessoa me matara. E, antes que eu pudesse sentir a dor da morte, fui resgatada pelo mentor...