Thursday, August 03, 2006

Aprendizado

Aprendi, que a vida aqui na terra se passa em um piscar de olhos. Que não devemos ter pressa para conseguir o que julgamos ser essencial para a nossa felicidade, porque muita das vezes ela não está ao nosso alcance naquele momento. E quando isso ocorre, devemos ter calma! Porém, nunca desistir. Mas, sem insistir demais, porque não é bom para o nosso espírito possuir tais tentativas frustradas. Devemos esperar um pouco porque tais coisas acontecerão no momento certo e na hora adequada.
Aprendi também, pela maneira mais árdua e sofrida, que o verdadeiro amor está acima de qualquer sentimento egoísta e mesquinho do homem. E, esse amor não desaparece... Nem o tempo é capaz de tal coisa.
Aprendi, que apesar de eu não poder expressar esse amor como eu desejo, ainda posso demonstrar de outras formas e, ainda assim irá me fazer feliz e que, mesmo estando à distância do meu toque, ainda pode estar próximo ao meu espírito.
E, além disso, somos capazes de dar amor sem receber e esperar nada em troca. Com isso, aprendi que posso conviver e aceitar eternamente esse amor incondicional e não correspondido. E, pode ser que em algum momento, pelas andanças das várias vidas, esse amor possa ser retribuído. Pode ser que, por algum milésimo de segundo ele seja retribuído.
E, eu hei de esperar por esse momento...
Por mais um minuto,
Por mais um dia,
Por mais um ano,
Por mais uma vida,
Por toda a eternidade...

No comments: